23.11.2020

Avaliação da capacidade para nadar de pessoas com doença de Parkinson submetidos a Estimulação Cerebral Profunda

Avaliação da capacidade para nadar de pessoas com doença de Parkinson submetidos a Estimulação Cerebral Profunda 

 


O CNS, em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, no âmbito de um Projeto de Doutoramento, encontra-se a desenvolver um estudo que pretende avaliar a capacidade para nadar de pessoas com doença de Parkinson, submetidos a cirurgia de Estimulação Cerebral Profunda (DBS).

A nossa equipa de investigação pretende averiguar se existe relação entre a realização de cirurgia de Estimulação Cerebral Profunda e a capacidade para nadar dos utentes com doença de Parkinson. Com este estudo pretendemos confirmar os indícios obtidos noutras investigações, de que após a realização da cirurgia para DBS há doentes que demonstram um decréscimo na sua capacidade para nadar. Este estudo é composto por um único momento de avaliação em piscina.

O CNS encontra-se, neste momento, a recrutar doentes com diagnóstico de Doença de Parkinson e submetidos a cirurgia de Estimulação Cerebral Profunda, para poderem colaborar no estudo. 

 

 

Se desejar participar ou saber mais informações sobre o estudo contacte a Fisioterapeuta Maria Ana Neves através do seguinte email
maria.anadrneves@gmail.com